Destaque Notícias Programação UWP

Trazer aplicações iOS para Windows é agora mais fácil

O Bridge do Windows para iOS, também conhecido como Project Islandwood, é uma ferramenta que permite converter aplicações iOS em aplicações Windows de uma forma mais fácil do que construindo o código da aplicação a partir da estaca zero.

Apesar de facilitar consideravelmente o trabalho dos programadores, o Bridge para iOS não é perfeito, e tem algumas limitações. Hoje, a Microsoft disponibilizou uma actualização para a ferramenta que tenta colmatar algumas destas limitações, particularmente no que toca à interface do utilizador.

A partir de hoje, a Microsoft disponibilizará, no seu repositório do GitHub relativo ao Bridge para iOS, documentação que detalha o que pode ser feito para melhorar a conversão de classes do UIkit do iOS para funcionalidades equivalentes em XAML no Windows. De acordo com a empresa, isto permitirá:

  • Transferência mais rápida de controlos iOS, para que tenha acesso a mais do UIkit
  • Um modelo de introdução de toque melhorado para melhor desempenho no processamento de eventos
  • Suporte significativamente melhor para localização e acessibilidade
  • Melhor automação de testes, o que resulta em controlos mais estáveis e de maior qualidade
  • Melhor integração e aproveitamento do XAML, a Framework da interface de utilizador do Windows.

Gostaríamos de realçar que, tendo em conta a complexidade do texto, as traduções acima poderão não ser ideais. Se é um programador e está interessado nas novidades, recomendamos vivamente que leia o texto original em inglês, que pode encontrar aqui, onde poderá encontrar ainda mais informações.

Queremos também acrescentar que, tal como dito pela Microsoft na publicação original, tem havido centenas de contribuições por parte dos utilizadores para a ferramenta. O Bridge para iOS está disponível em código aberto, e qualquer um pode contribuir. Se tem alguma sugestão que possa melhorá-lo, nem hesite em fazê-la.

Quaisquer melhorias ao Bridge para iOS são extremamente bem-vindas, pois aumentam a probabilidade de virmos a ter acesso a mais aplicações no futuro. Ficamos à espera de ver estas novas medidas a ter um impacto positivo no número de aplicações na Loja.

Sobre o autor

João Carrasqueira

Com 20 anos, licenciado em Assessoria e Tradução, João é um grande fã de tecnologia, especialmente tudo o que esteja relacionado com a Microsoft. Também tem uma paixão pelos videojogos da Nintendo.

  • JOSE

    Assim os usuarios do windows phone conseguem ter o pokemon go?

Comentários recentes