Destaque Jogos Notícias Review UWP

Torne-se o rei dos ladrões em King of Thieves

É já hábito ouvir-se dizer que a plataforma Windows tem poucas aplicações e poucos jogos, sendo esta lacuna muitas vezes apontada como uma razão para mudar de plataforma. Para combater este estigma, e porque acreditamos que a plataforma Windows tem muito para oferecer, todas as semanas falamos de um novo jogo que talvez não soubesse que existia, para lhe mostrar que ainda tem muito que fazer antes de deixar o Windows.

O nome ZeptoLab deve ser já conhecido da maioria dos utilizadores que gostam de jogar nos seus smartphones. Esta empresa é responsável pelo extremamente popular jogo Cut the Rope, um jogo que fez e faz sucesso nas várias plataformas. King of Thieves é a mais recente aposta desta equipa, e apresenta-se como um jogo de plataformas para vários jogadores.

O jogo dá todas as informações que há para dar sobre como jogar e fazer todas as acções possíveis dentro do jogo, pelo que não vamos perder tempo a falar-lhe disso. Ao iniciar o jogo, toda a informação necessária ser-lhe-á dada, e certamente não se sentirá perdido.

Falemos então do jogo. Em King of Thieves, o seu objetivo será ser o maior ladrão do mundo, e tornar-se o rei dos ladrões. Para tal, terá de recolher o maior número de pedras preciosas possível. O jogo oferece-lhe duas maneiras de fazer isto. Pode percorrer o mundo do jogo, numa vertente offline que funciona por níveis. Há um grande número de níveis no mundo do jogo, e só aí encontrará muito que fazer. Pelo mundo fora encontrará novos locais que pode habitar e minas de onde poderá receber novas pedras preciosas, pelo que é bom não ignorar completamente a componente offline.

wp_ss_20160705_0004

Por outro lado, pode também invadir as habitações de outros jogadores por todo o mundo. Estes níveis poderão ser mais difíceis, mas também pode ter uma muito maior recompensa, podendo roubar muito ouro, para além de roubar pedras preciosas se estas estiverem expostas. Por outro lado, pelo menos numa fase inicial, as habitações de outros jogadores podem estar muito mais protegidas, e por isso será mais difícil conseguir roubar a sua propriedade.

Seja qual for a vertente que preferir, o grande objectivo é conseguir correr e saltar para se desviar dos obstáculos e chegar ao baú do tesouro que está presente no nível, como num típico jogo de plataformas. Terá de planear bem o seu percurso para evitar todas as armadilhas.

wp_ss_20160705_0009

Evidentemente, da mesma maneira que os outros jogadores se protegem de si, é importante que se proteja dos outros ladrões melhorando as suas defesas. É sempre bom aumentar o número de fechaduras falsas na sua porta, bem como comprar soldados mais eficazes. É importante gerir bem os seus investimentos para ser bem sucedido. Também pode melhorar o seu próprio personagem combinando certos elementos. As melhorias da personagem e do jogo proporcionam benefícios consideráveis, como maior quantidade de vida nos níveis ou a possibilidade de roubar mais ouro, entre outros.

wp_ss_20160705_0003

Há também várias missões que pode concluir. Algumas não têm limite de tempo, e logo que as conclua receberá uma recompensa por elas. Outras são diárias, e terá de concluir as três para desbloquear o acesso a um nível especial, mais extenso, onde poderá ganhar gotas, uma moeda especial muito valiosa que lhe permite comprar certas melhorias no jogo que só podem ser compradas desta forma. Nestes níveis não terá de recomeçar o nível quando for atingido por um obstáculo, mas a sua recompensa continua dependente da quantidade de vida que tiver no fim do nível.

A vertente multijogador do jogo não se limita a permitir-lhe saquear os esconderijos dos outros ladrões, mas também passa por competir com eles para ver quem é o mais rico. O seu objectivo é ter o maior valor possível em pedras preciosas, daí poder roubá-las a outras jogadores, e ter de proteger as suas. A competição online está organizada em ligas, e para subir à liga seguinte terá de terminar nos lugares de topo da sua liga actual.

wp_ss_20160705_0011

Concluir a liga mais baixa do jogo também lhe dá acesso às “Guilds”, grupos de jogadores que se aliam uns aos outros para terem mais sucesso. Durante o tempo que tive com o jogo, não me foi possível ainda juntar-me a um destes grupos, mas uma das funções disponíveis para eles é a possibilidade de conversar com os outros membros da sua aliança, algo que pode fazer clicando na seta que aparece no lado direito do ecrã.

O jogo tem os mecanismos típicos de um jogo para telemóveis, e oferece várias compras dentro da aplicação que facilitam a sua tarefa no jogo. Poderá usar dinheiro real para comprar “Orbs” (esferas), que são a unidade monetária mais valiosa de jogo. Também pode assistir a um vídeo publicitário ocasionalmente para receber estas esferas gratuitamente. Há várias modalidades de compra que se adequam às suas possibilidades, mas pode optar por não gastar dinheiro real e progredir no jogo simplesmente com a sua dedicação.

wp_ss_20160705_0007

Já que falamos em dedicação, em bom realçar que precisará de muita. Como típico jogo multijogador em tempo real, King of Thieves irá exigir muito do seu tempo se quiser ser o rei dos ladrões a nível mundial. É uma abordagem bastante diferente da dos jogos de que temos vindo a falar, e por isso o jogo apela a um público muito diferente.  No entanto, esta abordagem é a mais bem-sucedida no mercado dos jogos para smartphones, e acredito que muitos jogadores gostarão da fórmula utilizada.

Seria de esperar que uma empresa do tamanho da ZeptoLab soubesse optimizar os seus jogos para que o desempenho fosse ideal, e é isso mesmo que acontece. A qualidade visual do jogo é suficientemente boa, e a fluidez nunca é perdida enquanto se joga, algo que é muito importante num jogo em que o timing é vital para concluir os desafios que lhe são propostos. Não temos críticas a apontar aos programadores neste aspecto.

King of Thieves estão tão próximo da tradicional fórmula utilizada para jogos de smartphones quanto pode estar. Exigindo muita dedicação, com um foco muito grande nas compras dentro da aplicação e com uma vertente multijogador que rege quase todo o jogo, em termos de monetização, o jogo não poderia ser um melhor exemplo dos típicos jogos free-to-play. A vertente das plataformas está bem conseguida, ainda que a maioria dos níveis seja muito curta, mas não há nada em particular que se possa destacar, seja positivo ou negativo. Uma coisa podemos garantir: se a fórmula lhe agradar, tem aqui um jogo para muito tempo. Pode instalar gratuitamente o jogo clicando na imagem abaixo.

kot_banner

Sobre o autor

João Carrasqueira

Com 20 anos, licenciado em Assessoria e Tradução, João é um grande fã de tecnologia, especialmente tudo o que esteja relacionado com a Microsoft. Também tem uma paixão pelos videojogos da Nintendo.

Comentários recentes